quinta-feira, 14 de maio de 2009

Isso não é uma fórmula mágica nem uma receita de bolo: 10 dicas fotográficas

Frequentemente sou perguntado sobre o que fazer para melhorar o seu portfólio ou escuto a seguinte frase: ah minhas fotos são horríveis, eu não sei tirar fotos. Bom eu também não sabia, e há horas ou situações que acho que ainda não sei. O que muitas pessoas não sabem é que fotografia pode ser aprendido. Tudo bem, ninguém aprende a ser um mestre da fotografia, mas existe sim evolução no processo (thanks god!!). Compiliei uma humilde lista de 10 dicas que talvez possam ajudar no início da sua carreira. Existem milhões de outros para se falar, mas um passo de cada vez.

1 - Como diria o destemido Robert Capa, se suas fotos não estão boas o bastante é porque você não está perto o suficiente. Acreditem ou não, mas por muito tempo achei que ele falava de distância geográfica...pense na implicação filosófica dessa frase.
2 - Estude as regras de composição, observe pinturas e desenhos, aplique-as e depois quando já tiver domínio comece a quebrá-las, com o tempo será natural perceber quando elas devem ser seguidas e quando não. É uma evolução natural do olhar em conjunto com a idéia a ser transmitida pelo fotógrafo.
3 - Conheça e estude o trabalho dos mestres da fotografia, tanto os clássicos quanto os modernos, mas principalmente os experts da sua área de atuação. Eles servirão de referência e inspiração no futuro, acima de tudo eles elevarão as referências do seu olhar, pode ser assustador no começo, olhar de volta para o seu portfólio e pensar: eu sou uma m..£#$@! minhas fotos não prestam, melhor coisa a fazer é vender a d%$&* da minha câmera! Mas não tenha medo, você tem que produzir fotos para o olhar mais exigente de todos: o seu!. Nomes como Annie Leibovitz, Richard Avedon, Robert Capa, Cartier-Bresson, Robert Doisneau, W. Eugene Smith, Helmut Newton, David Lachapelle, Sebastião Salgado, Klaus Mitteldorf, Jean Baptiste-Mondino são alguns para começar.
4 - Assista muitos filmes, especialmente os clássicos e se atente para os ângulos, cores e luz, ouça músicas e busque inspiração em outros tipos de arte.
5 - Fotografe o que te fascina e estude o assunto. Para se obter excelência em um campo da fotografia é preciso conhecer bem o tema, então, muitas vezes, é mais fácil começar pelo que você já sabe.
6 - Se envolva com pessoas que também estão no processo de aprendizado, ensine aos que sabem menos e aprenda com os experts. A curva de aprendizado se acentua quando o conhecimento é compartilhado. Não existe técnicas secretas, o verdadeir segredo está no processo criativo e na solução de problemas durante o caminho de realização de uma idéia.
7 - Viaje, nada é mais inspirador para a alma do que sair da sua zona de comforto da rotina. O simples contato com algo novo gera inspiração para o olhar atento.
8 - Não caia no mito do equipamento, bom ao menos tente dar uma freiada. É difícil, eu sei, ainda mais com o excesso de mídia bombardeando nossas cabeças e nossas carteiras. Quem consegue resistir a um Joe Mcnally falando sobre o novo Flash da Nikon, quer uma saída? Leia Strobist!
9 - Faça parcerias . Encontre pessoas criativas e dispostas e faça delas aliados, uma boa foto é como uma boa sinfonia, onde o fotógrafo é o maestro que cordena todos os instrumentos para conseguir uma melodia única.
10 - Fotografe mais! faça do TBC uma filosofia de vida. Para quem não sabe o TBC é algo que aprendi com um professor de Marketing. TBC = tire a bunda da cadeira. Saia de casa e vá realizar aquele projeto que você tem vontade. De boas idéias o mundo está saturado. Realize!

Um comentário:

mellina disse...

UHUHUHUHUH adorei as dicas!!!
vou te pedir umas dicas depoisss
hihihihih
beijoo