sábado, 18 de abril de 2009

Crashdown


Na quinta-feira meu mac travou, pela primeira vez ele travou a tela e nao respondia a nenhum comando. Apos reiniciar o computador o sistema operacional nao consegui abrir. Após horas de desespero, tentativas de comandos com as mais variadas teclas e cliques e inicializacoes com todos os cds de instalacao descobri simplesmente que o HD morreu. Como que alguem, de quem você depende tanto, simplesmente morre e te deixa na mão. Ai vem a grande pergunta: você tinha backup? A resposta é, apenas de 50%. Potz, a cada minuto que passa eu me recordo de algo que nao estava "backupeado", como dizem os especialistas que consultei. As fotos Paris Toujours 2.0, a exposição sobre a Bolivia, a panoramica de Machu Picchu, Minhas ultimas ferias na Bahia e on top of it all: 55GB de músicas colecionadas pelos últimos 10 anos, ironicamente as únicas músicas salvas em meu HD externo são as da discografia completa do rei Roberto Carlos, qual baixei para ouvir uma única música: "não vou ficar" . Agora você se pergunta: o que esse post tem a ver com fotografia? Tudo! Percebi, da pior maneira, que o backup tem que ser parte integrada do fluxo de trabalho, ou workflow, de todo fotografo. Estou agora pagando um preço alto e sofrendo ainda mais usando um PC enquanto o mac não volta, e assim que chegar estarei instalando o Time Machine para backups automaticos.

2 comentários:

Eu disse...

Se vc assistisse sex and city já teria feito 100% do back up.
E olha que o Mac que trava é de uma repórter, hein?!

Bruna disse...

Q dó q eu to d vc!!! E isso me lembrou q tem uns 6 meses q to enrolando p fazer o backup das minhas fotos!!! Ai q medo! rsrsrs

beijos!!!